Praias do litoral norte: Água limpa

Água limpa? Litoral Norte lidera…

Vai curtir o verão embarcado?Então olho vivo na balneabilidade das praias do litoral, afinal, quem não quer jogar âncoras numa bela praia de águas limpas?

Leiam interessante matéria publicada pela Folha que trata das águas das praias no litoral Norte de São Paulo!

Saudações,

Blog Navegando

Condições das praias em Ilhabela pioraram e apenas o Curral, na costa sul, não ficou imprópria nenhuma semana, segundo a Cetesb

 

A água da maior parte das praias mais famosas do litoral norte de São Paulo, ainda que diante de um ano chuvoso, continua sendo um diferencial para ao menos três das quatro cidades -São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba.
A mais famosa delas, a hoje urbanizada Maresias, em São Sebastião, esteve boa durante todo 2008, repetindo o feito do ano passado. E com a companhia de outros refúgios na cidade, como Juqueí, Baleia, Barequeçaba e Camburizinho.
Mais distante da capital paulista, Ubatuba, com 15 pontos sempre liberados para banhistas em 2008, lidera com folga a lista das cidades privilegiadas. Neste ano, jamais houve bandeiras vermelhas em praias como Prumirim, Felix, Vermelha, Lagoinha e na mais movimentada delas, a Grande.
A secretária do Meio Ambiente de Ubatuba, Cristiane Gil, atribui os bons resultados a “um grau de conscientização da população” um pouco maior que a dos municípios vizinhos e à criação de leis municipais que, desde 2005, “congelaram” a ocupação de algumas regiões do município, segundo ela.
Mas nem tudo é positivo, já que a conhecida Itamambuca, que atrai surfistas do mundo todo em campeonatos, segue problemática. No ponto de monitoramento do rio, a Cetesb registrou 19 semanas de praia vetada. Na praia, foram cinco.
A secretária atribui o problema ao esgoto produzido por 47 casas de uma ocupação irregular próxima ao rio Itamambuca. Ela afirma que CDHU, Cetesb, e prefeitura assinaram um termo de ajustamento de conduta junto ao Ministério Público prevendo a implantação de fossas removíveis até que os moradores se mudem para habitações populares.
Caraguatatuba fica um pouco mais atrás, mas Capricórnio continua exibindo alguns dos melhores índices de qualidade entre as praias monitoradas em toda a costa do Estado de SP.
Outra boa notícia para Caraguá é que Martim de Sá, a mais procurada por turistas, ao contrário do ano passado, quando ficou duas semanas proibida, “zerou” em 2008.
Pressionada pelo porto de São Sebastião e vítima das deficiências dos emissários submarinos que deságuam no canal, Ilhabela é exceção neste ano.
Somente o Curral, na costa sul de Ilhabela, não teve registros de água imprópria. O que também não deixa de ser positivo para a ilha, já que o Curral está sempre cheio de turistas.
Com a falta de saneamento, infra-estrutura urbana precária -principalmente transportes entre as praias-, Ilhabela aposta no turismo de cruzeiros marítimos. A prefeitura espera receber neste ano cerca de 300 mil turistas vindos do mar, mesmo número dos que chegam à ilha pela balsa.

“Caça Esgoto”
Em dois anos, a operação “Caça Esgoto” da Prefeitura de São Sebastião notificou 656 condomínios, hotéis, pousadas e campings em bairros sem cobertura da Sabesp cujo tratamento do esgoto jogado em redes fluviais era feito irregularmente. Somente neste ano, foram 403 notificações.
Segundo o secretário do Meio Ambiente, Teo Balieiro, a fiscalização é feita o ano todo por 22 agentes. “Mas mesmo quando o tratamento é adequado, as emissões chegam ao rio [e ao mar] ainda com 40% do potencial poluente”, lamenta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: